post-title Cuidados com os prematuros http://i0.wp.com/www.drdiegobiella.com.br/wp-content/uploads/2016/03/prematuro.jpg?fit=1024%2C681 2016-03-14 15:14:03 yes no Postado por

Cuidados com os prematuros

Consideramos prematuros os bebês mais frágeis, já que nascem antes do previsto e, algumas vezes, sem terem alcançado o desenvolvimento ideal dos órgãos. Existem muitas dúvidas que cercam essas crianças: Quanto tempo precisam ficar ainda no hospital? As mães podem ser segurá-los no colo? E a amamentação no peito? A evolução da medicina é capaz […]

Postado por

Consideramos prematuros os bebês mais frágeis, já que nascem antes do previsto e, algumas vezes, sem terem alcançado o desenvolvimento ideal dos órgãos. Existem muitas dúvidas que cercam essas crianças:

Quanto tempo precisam ficar ainda no hospital?

As mães podem ser segurá-los no colo?

E a amamentação no peito?

A evolução da medicina é capaz de confortar, mas não de acabar com todos os medos dos pais.  o que é mito e o que é verdade quando o assunto é um bebê que nasceu antes dos ideais nove meses de gestação?

Todo bebê prematuro é igual?

Não.Existem prematuros tardios e extremamente prematuros (que nascem com menos de 32 semanas), é possível cuidar de bebês a partir de 25 semanas, com peso próximo a 500 gramas. A ansiedade da mãe de um bebê assim é diferente da mãe de um bebê de 34 semanas. Dependendo do grau de imaturidade, os bebês terão tempos e dificuldades completamente diferentes.

Bebês de 35 semanas são prematuros?
Sim. A literatura médica afirma que crianças que nascem antes de 37/38 semanas, por definição, são prematuros.

A mãe não pode segurar o bebê prematuro?

Desde que com cuidado e sempre orientada pela equipe médica, a mãe pode segurar seu filho,há  ainda, programas como o “Projeto Canguru”, no qual o contato físico entre pai/mãe e bebê prematuro ajuda no desenvolvimento. Contudo, ressalto que a incubadora é importante para manter o pequeno sempre aquecido.

Quanto tempo o prematuro vai passar no hospital?
Depende muito, fica difícil precisar um período, quanto menor a idade gestacional, maior a chance de complicações. Os prematuros com mais de 34 semanas, de um modo geral, se saem muito bem, já os menores enfrentam mais dificuldades. Desta forma, estes bebês precisam de cuidados especiais que podem durar poucos dias a alguns meses, com necessidade de internação hospitalar.

Os órgãos do prematuro não estão prontos?
Verdade. Principalmente os pulmões, uma vez que ele fazia a troca de ar por meio da placenta. Por isso é muito comum ele apresentar dificuldades respiratórias, o que requer ajuda para assegurar os níveis adequados de oxigênio.

O prematuro pode ser amamentado no seio da mãe?
Sim. Ele deve ser amamentado, porém não consegue sugar, por isso, a alimentação pode ocorrer por meio de sondas. O mais comum é alimentar o bebê com leite materno ordenhado, mas pode ser necessário o uso de nutrição endovenosa.

Um bebê prematuros terá problemas para o resto da vida?
Mentira, embora prematuros extremos tenham mais chances de apresentar alguma complicação. Casos graves, como falta de oxigênio ao nascer, por exemplo, podem deixar sequelas e por isso precisarão de acompanhamento prolongado.

Deixo as formalidades de lado e me apresento em algumas palavras:

Sou Diego Biella, ainda criança depois de sonhar em ser jogador de futebol, aliás como todo menino, resolvi que seria médico. Me formei na Universidade de Alfenas e logo me encantei pelos choros, risos e pela dificuldade de uma consulta pediátrica. Quando a criança está doente mas não sabe falar o que sente, a febre aparece sem nenhum outro sintoma e após um tratamento bem sucedido o sorriso sincero e inocente, pra mim é a melhor das recompensas.

Cometários