post-title Dia Internacional da Síndrome de Down http://i0.wp.com/www.drdiegobiella.com.br/wp-content/uploads/2016/03/dia-sindrome-down.jpg?fit=970%2C600 2016-03-21 12:59:43 yes no Postado por

Dia Internacional da Síndrome de Down

A síndrome de Down afeta 1 a cada 1000 nascidos vivos ao redor do globo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, estima-se que um bebê chegue ao mundo com essa síndrome a cada 600 a 800 nascimentos, de acordo com o Ministério da Saúde. Ao contrário do que muitos pensam, não se […]

Postado por

A síndrome de Down afeta 1 a cada 1000 nascidos vivos ao redor do globo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, estima-se que um bebê chegue ao mundo com essa síndrome a cada 600 a 800 nascimentos, de acordo com o Ministério da Saúde.

Ao contrário do que muitos pensam, não se trata de uma doença, mas de uma condição genética, em que, ao invés de possuir 46 cromossomos, a célula conta com 47. Isso faz com que a criança com Down tenha características específicas, como os olhos amendoados e a língua protusa, que fica para fora. Esses indivíduos podem ter seu desenvolvimento físico e intelectual comprometido, mas com estímulo, interação e amor, eles são capazes de crescer normalmente.

Síndrome de Down não é uma doença e sim um atraso intelectual. Com estímulos e amor eles são capazes de viver normalmente. A inclusão os ajuda a se tornarem adultos confiantes e felizes!dia sindrome down

Deixo as formalidades de lado e me apresento em algumas palavras:

Sou Diego Biella, ainda criança depois de sonhar em ser jogador de futebol, aliás como todo menino, resolvi que seria médico. Me formei na Universidade de Alfenas e logo me encantei pelos choros, risos e pela dificuldade de uma consulta pediátrica. Quando a criança está doente mas não sabe falar o que sente, a febre aparece sem nenhum outro sintoma e após um tratamento bem sucedido o sorriso sincero e inocente, pra mim é a melhor das recompensas.

Cometários