post-title Polvo de crochê http://i0.wp.com/www.drdiegobiella.com.br/wp-content/uploads/2018/02/4009b68a257cc9b6fa94f0d73fc14187.jpg?fit=300%2C226 2018-02-22 13:15:56 yes no Postado por

Polvo de crochê

O Projeto Octo, criado na Dinamarca em 2013, surgiu para auxiliar bebês prematuros. O conceito do projeto é simples: voluntários confeccionam polvos feitos de crochê e doam para as maternidades, que colocam os polvos nas incubadoras. Os tentáculos do polvo se assemelham ao cordão umbilical e acalmam os bebês prematuros. Eles ajudam a estabilizar os […]

Postado por

O Projeto Octo, criado na Dinamarca em 2013, surgiu para auxiliar bebês prematuros. O conceito do projeto é simples: voluntários confeccionam polvos feitos de crochê e doam para as maternidades, que colocam os polvos nas incubadoras.

Os tentáculos do polvo se assemelham ao cordão umbilical e acalmam os bebês prematuros. Eles ajudam a estabilizar os batimentos cardíacos e a respiração dos pequenos. Puxar os tentáculos do polvo também impede o bebê de puxar as sondas e os fios que monitoram seus batimentos cardíacos. O corpinho do polvo também auxilia no posicionamento dos bebês na incubadora, funcionando de forma semelhante aos rolinhos de posição.

4009b68a257cc9b6fa94f0d73fc14187

Para confeccionar o boneco, os voluntários precisam seguir algumas exigências feitas pelos próprios hospitais. Algumas delas são: serem confeccionados com linhas de crochê 100% algodão, o enchimento tem que ser de fibra siliconada antialérgica, lavável até 60 graus Celsius , pois o polvo irá passar por uma esterilização na maternidade. Os tentáculos não podem passar de 22 cm, quando esticados, e o corpo do boneco pode variar de 6 a 9 cm.

polvos-de-croche-para-prematuros-foto-agencia-brasilia-0000000000017DAE

 

Saiba como produzir o seu polvo de crochê:

Recentemente, em outubro de 2017, o Ministério da Saúde publicou nota técnica sobre os polvos, afirmando que não os proíbe, mas o contraindica para uso de maneira terapêutica por falta de evidências científicas. Os bichinhos podem ser utilizados de forma lúdica, como brinquedos.

Os polvos de crochê não substituem a presença dos pais, o aleitamento materno e o Método Canguru.

Vale também lembrar que o projeto é 100% voluntário e os polvos não devem ser comercializados, mas, sim, doados.

Para mais informações, acesse a página do Projeto Octo Brasil

Fonte: guiadobebe.uol.com.br

Deixo as formalidades de lado e me apresento em algumas palavras:

Sou Diego Biella, ainda criança depois de sonhar em ser jogador de futebol, aliás como todo menino, resolvi que seria médico. Me formei na Universidade de Alfenas e logo me encantei pelos choros, risos e pela dificuldade de uma consulta pediátrica. Quando a criança está doente mas não sabe falar o que sente, a febre aparece sem nenhum outro sintoma e após um tratamento bem sucedido o sorriso sincero e inocente, pra mim é a melhor das recompensas.

Cometários